fbpx
NOVIDADES
25 de março de 2019

STF – Incidência de juros de mora entre expedição de precatório e efetivo pagamento é tema de repercussão geral.

Voltar
O recurso paradigma da matéria foi interposto contra o acordão do TRF-4 que limitou os juros de mora ao período compreendido entre a data dos cálculos e a inscrição do precatório.

Por meio de deliberação no Plenário Virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu, por unanimidade, a existência de repercussão geral na questão referente à incidência de juros da mora no período compreendido entre a data da expedição do precatório ou da requisição de pequeno valor (RPV) e o efetivo pagamento, a matéria é objeto do Recurso Extraordinário (RE) 1169289, de relatoria do ministro Marco Aurélio.

O recurso foi interposto por um aposentado contra acórdão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) que, em relação ao montante principal devido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), limitou a incidência dos juros de mora ao período entre a conta de liquidação e a inscrição do precatório.

Ao buscar na Suprema Corte o reconhecimento da incidência até a data do efetivo pagamento do precatório, ele sustenta que o tema tratado nos autos é diferente da questão contida no tema 96 da repercussão geral, que fixa os juros da conta de liquidação até a expedição do requisitório. Aponta violação ao artigo 100, parágrafo 12, da Constituição Federal, que prevê a atualização de valores de requisitórios no período entre a expedição e o efetivo pagamento, conforme a Emenda Constitucional (EC) 62/2009.

 

Fique em contato

Fique conectado com o INLEGIS e saiba primeiro todas as promoções de hotéis, cursos e descontos. Cadastre seu e-mail abaixo

inlegis@inlegis.com.br

financeiro@inlegis.com.br

Fale com a gente através do Whastapp

Financeiro (51) 9.9812-5809 

Consultoria  (51) 9.9991-5809 

Local: R. Jerônimo Coelho, 354 - Centro Histórico, Porto Alegre - RS, 90010-240

Copyright - Todos os direitos reservados